pinnacle

Frete mínimo: “veremos como será durante a safra“, diz CeCafé

Publicado em 17/07/2018 08:00

Reforçando o coro dos descontentes com a política de preços mínimos do frete rodoviário, os exportadores de café não se arriscam a estimar perdas em função da medida. Para o presidente do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé), Nelson Carvalhaes, o cenário do mercado só deve estar mais claro pelo menos daqui um mês.

Carvalhaes reconhece que pode haver um impacto negativo da tabela do frete sobre a cafeicultura. Segundo ele, praticamente toda a produção é transportada por rodovia. No entanto, o custo do transporte não chega a representar mais de 3% do valor de uma saca de 60 quilos. Situação bem diferente da de segmentos como soja e milho, onde o frete tem mais peso.

“Para o café, qualquer centavo de ganho é importante. Mas o efeito do frete no preço do produto é pequeno. A tabela é um fato novo e o momento é delicado porque o café precisa sair da produção. Precisamos ver como isso vai funcionar durante a safra”, diz o presidente do CeCafé.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural.

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    pinnacle Mapa do site