pinnacle

Em Córdoba, Argentina, área de milho deve subir 18%; soja cai 6%

Publicado em 22/11/2016 08:54

Depois de realizar o levantamento da primeira semana do mês, a Bolsa de Cereais de Córdoba, província da Argentina, informou que deverá haver um aumento de 18% na área plantada de milho na safra 2016/17, chegando a 1.888.100 hectares.

Por outro lado, a soja, com 4.527.200 hectares, registrará uma queda de área de 6%. O sorgo, por sua vez, deve se manter estável em relação ao ano passado, por volta dos 122.200 hectares.

O Departamento de Informação Agroeconômica da Bolsa indicou que ainda há setores da província que apresentam complicações por conta de alagamentos e aumento dos níveis fréaticos, mas que a safra segue sendo plantada mesmo assim.

As regiões de Marcos Juárez e Unión são as mais afetadas pela água, com 30.000 hectares alagados, seguidos por Presidente Roque Sáenz Peña, San Justo e Juárez Celman, os quais somam 18.000 hectares alagados. Todos estão no centro e no sul de Córdoba.

As regiões que mais deverão crescer em superfície de milho são as localizadas no sul e no sudeste da província, devido, em grande parte, às boas condições hídricas que apresentam os solos.

Nesta nova safra, o milho de primeira safra representa 27% do total, mostrando um leve incremento em relação ao ano anterior.

Para a soja, há um avanço de plantio de 5% na província. A baixa da superfície da oleaginosa se dá por dois fatores: o preço do milho é mais atrativo, uma vez que não conta mais com as taxas de exportação e também por necessidade agronômica de rotação de culturas.

Com informações do La Nación

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
pinnacle

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    pinnacle Mapa do site