pinnacle

Frigoríficos levam vantagem na "queda de braço" com pecuaristas, evitando reajustes grandes no preço da @ sabendo da oferta de animais

Publicado em 04/05/2023 13:05 e atualizado em 04/05/2023 15:03
Hyberville Neto - Médico veterinário e diretor da HN AGRO
Exportações devem melhorar o escoamento da carne bovina no segundo semestre, mas fator cambial precisa contribuir, diz analista

Podcast

Frigoríficos levam vantagem na "queda de braço" com pecuaristas, evitando reajustes grandes no preço da @ sabendo da oferta de animais

Logotipo pinnacle

Os preços do mercado do boi seguem pressionados e "andando de lado" nesta quinta-feira (4). Segundo informações do médico veterinário e diretor da HN Agro, Hyberville Neto, explica que há uma "queda de braço" entre frigoríficos e pecuaristas.

"Neste jogo, as cartas estão mais favoráveis nas mãos da indústria, já que eles sabem que há uma oferta de animais para abate. Mas ao mesmo tempo, do lado do pecuarista, há uma relutância em vender os animais com os atuais patamares de preços. Desta forma, os frigoríficos ficam confortáveis e evitam ofertar valores melhores", explicou. 

De acordo com o especialista, em maio ainda deve haver esta pressão pela oferta de animais, e em junho é possível que os preços devam se firmar em julho, com as exportações se aquecendo, assim como a demanda interna. 

 

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
pinnacle

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    pinnacle Mapa do site