pinnacle

Produção brasileira do agro acelera mas logística não acompanha. Matriz de transporte, pressão nos portos e falta de armazenagem são os principais gargalos

Publicado em 23/02/2023 13:26
Thiago Guilherme Péra - Coordenador do Grupo de Pesquisa Esalq/LOG
Para resolver o problema seriam necessários investimentos equivalentes a 2% do PIB por alguns anos, diz especialista

Podcast

Produção brasileira do agro acelera mas logística não acompanha. Matriz de transporte, pressão nos portos e falta de armazenagem são os principais gargalos

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Guilherme Frederico LambAssis - SP

    O problema é o custo de implementação dessas infraestruturas, esta muito difícil equalizar esses valores, o retorno do investimento é complexo só sendo viável para quem tem grande escala, e quero dizer muito grande mesmo.

    0
    • Gilberto RossettoBrianorte - MT

      No caso de ARMAZENAGEM, só com juros bem baixos viabiliza (2, 3%) fora disso é impossível pagar depois. Valendo lembrar que prá quem planta soja temos deflação: R$-180,00 soja em 2021, R$-160 em 2022 e R$-140 em 2023 .. ou seja qualquer 1% na taxa é juro real e vai pesar no bolso.

      2
    • carlo melonisao paulo - SP

      Sr Rossetto de acordo com o blog.aegro, nos primeiros meses de 2023 o preço variou entre R$ 160 ate" R$ 190/saca---So' para deixar o produtor informado

      5
    • carlo melonisao paulo - SP

      No meu entender quem tem lavoura acima de 700 alqueires , compensa ter secador proprio

      1
    • Gilberto RossettoBrianorte - MT

      Sr. Carlo... talvez em SP seja esse valor que o senhor informou, mas na milha localidade lá no MT ... é o preço que recebi.

      0
    • carlo melonisao paulo - SP

      Nao sei de onde e' esse blog.aegro, pode ser que a referencia dele seja o preço no porto, que serve como referencia para tirar as despesas de frete de cada localidade

      0
pinnacle Mapa do site